O fotógrafo Alan Sailer teve uma idéia não lá muito original: fotografar objetos sendo atingidos por uma bala em alta velocidade. Não é uma idéia nova; de fato existem diversos videos no YouTube coisas explodindo em câmera lenta ou fotografias do exato momento do impacto da bala no alvo. Isso, no entanto, não tira o brilho do trabalho deste fotógrafo. Sailer ajustou a velocidade de seu flash e obturador para conseguir fotografar o ínfimo espaço de tempo do impacto da bala de um rifle de ar comprimido contra objetos como bolas de vidro com água, morangos, bexigas com tinta…

“A preparação é muito estressante”, diz ele. “Leva muito tempo para posicionar o objeto e programar a câmera. Um segundo depois acabou. Se você tem a foto, maravilhoso. Do contrário, o que resta é a bagunça para limpar”.

Confira algumas fotos do artista. Outras podem ser encontradas aqui.

Bola de natal com água
Bola de natal com água
Bala atinge lâmina
Bala atinge lâmina
Placas de vidro
Placas de vidro
Bexiga com tinta
Bexiga com tinta

Via BBC Brasil

Obrigado ao Felipe pela dica.

2 comments

  1. Demais! Adoro essas fotos de fenomenos em câmera lenta… Destaque para as texturas da 3 e 4 foto.
    Aliás, este post me fez lembrar de algo que eu e meus colegas de boteco presenciamos, quando uma certa personalidade do ramo apresentou uma das capas de livro que produziu. A tal capa possuia uma foto espetacular. Todos adoraram. Pedimos a justificativa para a composição da capa, ou seja, que relações aquela imagem possuia com a história do livro. Eis que então ouvimos a resposta do guru das capas “eu sempre quis tirar essa foto”. Tsc, tsc, as peripécias dos designers sessentistas do Brasil…

Comments are closed.